Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

É estranho, demasiado irreal ver como o ódio, forte, negro e corrupto, se encontra enraizado na nossa vida. Não existe uma única pessoa que não odeie alguém ou algo. O ódio é bastante comum, como o respirar, cheirar ou ouvir; como uma simples flor silvestre que abre as suas pétalas para uma nova primavera; como o chilrear de um pássaro pela manhã.

Mas, ao contrário dos outros sentimentos, sentir este é o mesmo que entrar num buraco negro, donde do qual não encontramos a saída. Este cega-nos para o Mundo, circula tão livremente no nosso corpo como o sangue. Ao sentirmos ódio, estamos a servir de refeição aos fantasmas obscuros da nossa alma, para o prazer infinito deles.

Acabamos por nos tornar em monstros completamente viciados pela tristeza, dor, sofrimento, que NÓS mesmos provocámos.

Então, eu pergunto-vos: valerá a pena afirmar a nós próprios e aos sete ventos que odiámos diariamente? Não tornem o ódio o vosso sentimento prioritário, não abraçem a escuridão. O amor, a amizade, a honestidade e o carinho, esses sim, dão-nos asas para voar, para olharmos para a COR da vida, o SOL.

Protejam e alimentem a vossa alma, pois ela é a coisa mais preciosa que possuímos.

 

Catheline.

 

(tema sugerido pela bloguista Mag, obrigada querida)



publicado por Isabela às 21:49 | link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De Morgen a 17 de Fevereiro de 2011 às 22:12
Infelizmente tens raão :s


De lostdreams a 17 de Fevereiro de 2011 às 22:13
olá.
ainda bem que estás melhor. claro que vais conseguir :)

gostei do texto. realmente à sempre algo que odiamos. mas não podemos deixar que esse sentimento nos domine.

beijinhos


De Blueberries a 17 de Fevereiro de 2011 às 22:14
xDD


De Mag a 18 de Fevereiro de 2011 às 17:53
OMG!
Eu fiquei tão feliz! Pelo título fiquei logo "IEI! Ela escreveu sobre o meu tema!" *.*
Não tens nada que agradecer querida. Eu é que agradeço por nos presenteares com este texto lindo. =)
Ah, e já agora, desculpa a ausência. Mas tive testes e depois anda a contecer muita coisa má por aqui. =/
Fiquei sem tempo para vir à Net e agora estou a tentar recuperar.
Sorry... =(

E como é que vai o nosso plano contra o Robert? =P
Temos de trabalhar mais nele. =)

Beijocas grandes!


De soniiinhaaa :D a 19 de Fevereiro de 2011 às 01:17
hey minha querida, as coisa com o Daniel, estamos bem (voltamos a andar, ve o nvo post e ja percebes tudo)... Em relacao a pequena mais em mim, é o que tenho feito, agora penso primeiro em mim e só depois nos outros, mas uma coisa que me tem magoao muito é a Iara diz que eu estou diferente e que me estou a tornar numa pessoa com quem ela nao se da, nao sei o que é que quer diz com isso, mas eu estou bem com estou agora e nao vou disirtir das coisas por cuasa sas birras dela :x
Esta feliz agora (:
Obrigado por todo o apoio que me tens dado meu anio, ADORO-TE IMENSO <3


De Blowers Daughter a 19 de Fevereiro de 2011 às 12:14
Adorei a sms amore :)


De alexis a 20 de Fevereiro de 2011 às 11:22
Adorei o texto. que lindo!
Beijinho


De Blueberries a 20 de Fevereiro de 2011 às 13:35
mesmo (:
tens de ver "o lenço amarelo", foi o que gostei mais ^^


Comentar post

Catheline, personal blog.
Cátia Vanessa Castro Reis; 03 de Dezembro de 1992; Robert Pattinson; Escrita; Futura Jornalista ou Psicóloga; Saga Twilight; Muse; Cinema; Música; Gossip Girl; Shopaholic; Amor; Bandoletes; Cupcakes.

Catheline.
Vida virtual
Facebook
Hi5
Littleheart-bf
Twitter
After Breaking Down - Fic
My Life as Esme - Fic
Frozen Inside - Fic
TUMBLR
posts recentes

canção do adeus

comunicado

simple words #4

news #5

my heart is back...

xoxo, gossip girl #3

Amizades virtuais
TChrystine
Blowers Daughter
Lennie Rose
Alexandra Queirós
soniiinhaaa :D
~ mia
mg ஜ
LostDreams
Palavras
“If I could dream, it would be about you.”

(Edward Cullen)
Leitura do Momento
«Nómada», de Stephanie Meyer.